quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Grandeza divina e pequenez do homem


O eterno tudo criou sem exceção; só o Senhor será considerado justo. Ele é o rei invencível que permanece para sempre.
Quem será capaz de relatar as suas obras?
Quem poderá compreender as suas maravilhas?
Quem poderá descrever todo o poder de sua grandeza?
Quem empreenderá a explicação de sua misericórdia?
Nada há a subtrair, nada a acrescentar às maravilhas de Deus; elas são incompreensíveis.
Quando o homem tiver acabado, então estará no começo; e quando cessar a pesquisa, ficará perplexo.

Eclesiastes 18:1-6

Amigos,

Está fora de nossa competência relatar precisamente as obras das mãos de Deus, e compreender toda a sua infinita criação. Que mistério é, por exemplo, nossa vida. Como fomos criados? Qual a motivação? Por que Deus nos mantém vivos? Sabemos que nossa função aqui é adorá-lo e divulgar seu doce e magnífico nome. Mas é incompreensível para nós. Incontáveis são as obras de suas mãos. Quem contaria as estrelas? Incontáveis e fora de nossa humana ciência a compreensão do mistério da criação. Eu sou um milagre, você também o é.

Um comentário:

Fernando disse...

Legal seu blog...