segunda-feira, 14 de julho de 2008

Perfeição de Deus x imperfeição humana.

Impressiona-nos a perfeição do criador: como tudo Ele fez e faz direitinho! Em contrapartida nos chateia atitudes humanas, a imperfeição e a mediocridade dos mortais. E quando estes agem como imortais, então, são ainda mais imperfeitos. Temos sim que compreender uns aos outros, amar a cada um por cada um, reconhecer os limites do outro, mas nunca nos julgarmos donos da verdade. Somos imperfeitos e essa imperfeição nos faz buscar uma completude, o ser melhor hoje do que ontem, o repensar atitudes. Devemos vigiar em palavras, para não matarmos a alma e os sonhos de alguém. Acreditar na humanidade que existe em nós, na tolerância que deve existir, aceitando a imperfeição como parte do ser, como um espaço situado entre o profano e o divino, o lugar que não nos permite ser Deus, mas onde procuramos ser o reflexo dele. Uma vez atingida a sombra da perfeição, seremos transformados em um "corpo glorioso, incorruptível, espiritual". Não pertenceremos mais a este mundo, não sofreremos mais aflições, saciada nossa sede de justiça.

Um comentário:

Claudete disse...

Fernanda,
Talvez a sua mensagem chegue até às pessoas ou em especial à pessoa que tanto necessita refletir sobre tudo o que você escreveu. Acredito que tenha sido fruto da sua própria alma,e você conseguiu dizer tudo com muita classe e especialmente com toques de sabedoria divina.O poder e a arrogância jamais vencerão perante a lei divina, pois somente o amor pode falar mais alto,com convicção, justiça e verdade. Beijos de luz em seu coração!