quinta-feira, 17 de abril de 2008

Deus é tremendo


Por que Deus me ama assim? Não há explicação. Ele me ama porque me escolheu. Fala misteriosamente comigo todos os dias e isso me impressiona positivamente. Ele também te escolheu, basta atentar-se a sua doce voz. O amor de Deus em minha vida tem um misto de enigma e profundidade. Quando penso estar sozinha, ele me toca. Eu o sinto perto de mim o tempo todo. Quando levanto ele está comigo , quando caminho ele vai junto, quando não tem ninguém literalmente ninguém perto de mim, ali ele está, quando durmo, vela meu sono. É o Senhor quem trabalha no meu Ser, retirando medos, vergonha e até mesmo controlando minha auto-estima. É o Senhor quem está aqui nesse momento, eu o sinto verdadeiramente. Não, não é falácia, é a presença magnífica de Deus em minha vida. Deus, eu te amo! Não quero nunca me distanciar de Ti, porque o Senhor me amou primeiro.

Como está disposto em Isaías 43:1-3

Mas, agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-tepelo teu nome; tu és meu.

Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos riod, eles não te submergirão;quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu Deus, o teu Salvador.

Aleluia! Que Deus nos abençoe!

2 comentários:

zilmablog@hotmail.com disse...

Suas declarações são tão particulares e profundas que às vezes nos inibe em posicionar-nos em respeito à boniteza da intimidade com que você se refere à presença de Deus na sua vida. Mas me atrevo a afirmar que quando o cristão encontra-se nesta posição, lhe é acrescido mais um degrau no mistério da espiritualidade rumo à sua caminhada, na intenção de conhecer melhor o nosso Deus.
Muito me alegro quando vejo pessoas jovens como você recusando as fantasias que batem à porta do seu coração todos segundos, pelo mundo, com ofertas baratas e falsificadas na tentativa de deslegitimizar sua intimidade com Deus, em detrimento de uma comunhão pura e verdadeira que é salutar para a alma.
Quando nos deixamos dirigir pelo Espírito, mananciais de delícias fluem do nosso interior e exterioriza –se em satisfazendo as nossas necessidades, inclusive a de amar e ser amado, compreender e ser compreendido. Cristo discursava sobre um amor estonteante, um amor que gera fonte de prazer e de sentido existencial que nos ajuda a extrair sabedoria da dor e poesia da miséria. Por que ele nos ama? Por que ele nos escolheu? Por que ele se importa conosco? Por que ele não nos desampara nunca? Por que ele escolheu a mim? São respostas que somente a eternidade nos dará com certeza, de forma gratificante e honrada. Eu quero estar lá nesse dia para me alegrar com você!Deus é realmente tremendo.
Isso é crescimento... Um abraço

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.