sexta-feira, 24 de abril de 2009

A integridade é um imperativo para o cristão


Atualmente, percebemos que as relacionamentos se baseiam no poder. Poder ilimitado, sendo os meios para alcançá-los, inquestionáveis ao mundo, quaisquer que sejam eles. As palestras motivacionais nos impulsionam à ganância, à usura, dentre outros pecados. O mundo dos negócios, esse tem uma linguagem própria, em que a ética assume tons diferenciados daqueles que aprendemos como cristãos. A sociedade aceita essas nuances, e é assim que qualquer um de nós deve proceder para alcançar o tão almejado Poder.
Entretanto, como podemos perceber na carta de Paulo aos Gálatas devemos viver de forma livre e responsável neste mundo. Devemos almejar as coisas de Deus, mais do que as coisas terrestres. É importante que almejemos progredir na obra de Deus, para que o reino cresça. Para isso precisamos ter uma conduta irrepreensível, buscando sempre a aprovação de Deus. O poder terreno é efêmero e tem trazido a perdição de muitos cristãos, quando não bem alcançado ou exercido. Ensoberbece o indivíduo e fá-los pecar contra Deus. Mas o poder de Deus em nossas vidas dura enquanto durar nosso relacionamento com Ele, ou seja, pode ser eterno se quisermos e formos íntegros. Vivamos, então, conforme os preceitos da palavra divina e assim ele nos revestirá de glória e poder.

Um comentário:

wanercy disse...

essa ficou fera, hein???
show..........